Golpes de cartões de crédito contra idosos

A polícia apreendeu notificações de senha e crachás falsificados (Rodrigo Antonelli/Esp. CB/D.A Press)
A polícia apreendeu notificações de senha e crachás falsificados

Oito integrantes de uma quadrilha que clonava cartões de crédito foram detidos em operação da 9ª Delegacia de Polícia (Lago Norte) ontem pela manhã. Seis estão presos e dois responderão em liberdade por terem contribuído com a apuração. O grupo era investigado havia cinco meses e tinha como alvo idosos que iam a agências bancárias sozinhos. “Eles se aproveitavam da vulnerabilidade dessas pessoas para aplicar os golpes. Roubavam cartões e senhas sem que a vítima percebesse e faturavam alto”, conta a delegada-chefe da 9ª DP, Nélia Maurício Vieira.

Em conversas interceptadas pelos investigadores, os acusados disseram que lucravam mais de R$ 30 mil por fim de semana. Em levantamento preliminar, a Polícia Civil estima que eles tenham faturado mais de R$ 270 mil. Só no Lago Norte, a quadrilha fez 25 vítimas, entre novembro de 2012 e março deste ano — um idoso perdeu R$ 25 mil. 


Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário