Faixas exclusivas voltam para a valer só para ônibus, vans e táxis a partir desta terça-feira

faixa_exclusiva_eptg_foto_Pedro_Ventura-640x427
Motorista ou motociclista que invadir faixa reservada cometerá infração gravíssima, sujeito a multa de R$ 191,54 e com sete pontos na carteira de habilitação. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Com o fim da greve do metrô, as faixas da Estrada Parque Taguatinga (EPTG), da Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB), do Setor Policial Sul e das W3 Norte e Sul voltam a ser exclusivas para ônibus, vans e táxis nesta terça-feira (30).

Descumprir e trafegar com carro ou com moto em uma faixa exclusiva é considerado uma infração gravíssima. O motorista deverá ser penalizado com multa de R$ 191,54 e com sete pontos na carteira de habilitação.

Servidores da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) voltaram a trabalhar normalmente na sexta-feira (26). O fim da greve foi uma decisão tomada pelo Tribunal Superior do Trabalho na quarta-feira (24), que entendeu que as dificuldades financeiras do governo de Brasília não permitem novas contratações, porque o Executivo está impedido pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

O tribunal determinou o abono de um terço dos dias parados, o corte e o desconto de um terço do salário em até seis prestações na folha de pagamento e um terço de compensação social e de jornada (50% de cestas básicas e 50% de trabalho). Em assembleia na manhã de quinta-feira (25), o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários do Distrito Federal decidiu acatar a decisão.

Fonte:

Deixe uma resposta