Explosão em petroleira no México

O governo mexicano pediu ajuda externa para determinar as causas da explosão no edifício sede da Pemex, gigante estatal de produção de petróleo, na Cidade do México. De acordo com o ministro do Interior, Miguel Ángel Osorio Chong, a hipótese de terrorismo ainda não foi descartada, mas uma fonte oficial, citada pela agência Reuters, afirma que uma das linhas de investigação sugere que uma caldeira a gás teria explodido ao lado da torre principal do complexo. Pouco depois da explosão, jornais noticiaram que um superaquecimento na rede de ar-condicionado teria causado o acidente, mas as autoridades mantinham reserva. Até a noite de ontem, tinham sido confirmadas as mortes de 12 homens e 20 mulheres no incidente, que aconteceu na quinta-feira, por volta da 16h (20h em Brasília) e deixou ao menos 121 feridos.

Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário