Ex-presidente da Funcef se entrega à Greenfield

Procurado desde que foi deflagrada a Operação Greenfield, Carlos Alberto Caser, ex-diretor-presidente do fundo de pensão dos trabalhadores da Caixa (Funcef), se entregou às autoridades nesta quinta-feira (8), após quatro dias.

Segundo o o blog apurou, Humberto Pires Grault Vianna de Lima, ex-gerente da Funcef, e Guilherme Narciso de Lacerda, também ex-diretor-presidente da fundo, tiveram as prisões temporárias prorrogadas também nesta quinta (8).

A Greenfield apura irregularidades nos quatro maiores fundos de pensão do país, a Funcef, a Petros (Petrobras), a Previ (Banco do Brasil) e o Postalis (Correios).

“Os fatos investigados […] são muito graves, havendo fortes indícios de que a Funcef, a Petros, a Previ e a Postalis, instituições importantes no âmbito nacional, foram utilizadas para fins ilícitos e foram vítimas de atos delituosos e gestões temerárias e fraudulenta”, diz trecho da sentença que autorizou a operação na segunda-feira (5).

Como antecipou o blog na ocasião, balanços recentes dos fundos de pensão Previ, Petros, Funcef e Postalis apontam um rombo de R$ 50 bilhões, sendo R$ 8 bi suspeitos de gestão fraudulenta.

A operação foi responsável pelo maior volume de bens e ativos bloqueados em uma investigação criminal no país por determinação da Justiça.

Fonte:

Deixe uma resposta