Entenda o fim da greve na UnB

Proifes racha greve da UnB
A criação de uma nova entidade representativa dos professores da Universidade de Brasília (UnB) – a Federação de Sindicatos de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior (Proifes) – rompeu, na tarde de sexta-feira (17), a greve da categoria, que durou 89 dias.

Andes vacilou e dançou
O movimento paredista era bancado pelo Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes), que, numa assembléia-surpresa, foi derrotado por 130 votos a favor do fim da greve e 115 pela sua continuidade.

Proposta do governo vence
Com o resultado da assembléia, o governo deu por encerrada as negociações com os docentes, que vão receber reajustes salariais entre 25% e 40%. Mas os servidores administrativos, parados desde 11 de junho, ainda não foram contemplados e continuarão sem trabalhar.

Reposição bagunça o calendário
As aulas serão retomadas já na segunda-feira (20) e o semestre interrompido só será concluído em 30 de setembro. Haverá um recesso até 21 de outubro. Haverá um recesso de 22 de dezembro a 6 de janeiro e o novo semestre será encerrado em 22 de fevereiro. As férias ocorrerão de 17 de fevereiro a 10 de março de 2013.

Eleições para reitor
Acredita-se que o fim da greve se deu pela proximidade das eleições na UnB, que devem acontecer na terça (21) e na quinta (23). A conferir.

Deixe um comentário