Ensino superior do DF ganha mantenedora

O ensino superior do Distrito Federal terá agora uma mantenedora, chamada Fundação Universidade Aberta (Funab), cuja criação foi divulgada, hoje, no Diário Oficial do DF e que terá como objetivo prover recursos necessários a instituições públicas, como a Faculdade de Artes Dulcina de Moraes.
“A finalidade maior da Funab é que o governo possa assumir totalmente o curso de Artes da Dulcina e também possa criar um curso superior que seja do DF. Para fazer isso, era preciso ter uma mantenedora”, explicou o secretário de Educação, Denilson Bento.

Em abril deste ano, o GDF assumiu o projeto pedagógico da Faculdade de Artes Dulcina de Moraes para garantir a formação dos antigos estudantes e o ingresso de novos alunos.

Além disso, segundo o secretário, um futuro curso de Pedagogia será desenvolvido para o ensino superior público do DF na Faculdade de Educação, a partir do primeiro semestre de 2014 – funcionará na Escola de Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação (Eape) e também precisará de uma mantenedora.

“O curso de pedagogia ainda está sendo formatado e será uma opção nova de ensino superior público do DF”, ressaltou Bento.

A partir da próxima semana é previsto que um decreto seja assinado pelo governador Agnelo Queiroz, no qual será formatado o funcionamento completo da Fundação Universidade Aberta do Distrito Federal.

 “Essa será a parte mais burocrática, para regulamentar a Funab no sentido de estabelecer funções, os cargos necessários, resumindo, vai ajudar a organizar tudo para receber o ensino superior”, explicou.

 A Funab deverá elaborar e executar a política de Educação Superior Pública; supervisionar e coordenar as atividades do setor; além de estabelecer normas para o desempenho de suas competências.

 A instituição funcionará na Eape, localizada na quadra 907 da Asa Sul, e também poderá recepcionar os alunos que vêm das instituições de ensino superior particulares, desde que estejam devidamente matriculados nos cursos.

Fonte:

Deixe um comentário