Embraer fecha contrato com Azul

Acordo é válido até 2020 e cobrirá os 97 jatos Embraer que são utilizados pela empresa aérea

Galpão de montagem final de aviões na fábrica da Embraer

Galpão de montagem final de aviões na fábrica da Embraer (Germano Luders)
A Embraer renovou até 2020 o contrato de reposição de peças com as companhias aéreas Azul e Trip, que anunciaram sua fusão em 2012. O negócio renderá uma receita aproximada de 400 milhões de dólares no período, informou nesta quinta-feira a fabricante brasileira do setor de defesa.
O programa cobrirá 97 jatos da Embraer em uso pelas duas companhias, “que têm uma das maiores frotas de E-Jets em operação”, segundo dados da empresa. O contrato prevê suporte para mais de 350 peças e todos os componentes reparáveis dos sistemas hidráulicos, mecânicos, pneumáticos, eletrônicos e de propulsão.
O programa de reposição de peças da Embraer, chamado ‘Pool’, atende a mais de 30 companhias no mundo. Na semana passada, a Embraer assinou contrato de 250 milhões de dólares para prestar assistência para 308 aviões da Republic Airways.
Fonte: Veja Online
Extratos dos Jornais

Deixe um comentário