Delação de Palocci mira TV Globo, diz Record

Mansão da Globo em Paraty, litoral do Rio de Janeiro, estaria ocupando área de preservação. Foto: Reprodução

Reportagem exibida neste domingo (16) pela TV Record mostra que a Rede Globo está na mira da delação do ex-ministro Antônio Palocci – que ainda precisa ser autorizada pelo Ministério Público Federal (MPF). Segundo a apuração da Record, documentos ligariam a obra de uma “mansão” dos donos da Globo a offshores investigadas pela força-tarefa da Lava Jato. A casa de praia foi ilegalmente construída em uma região de preservação ambiental em Paraty, litoral do estado do Rio de Janeiro.

Delação premiada de Palocci pode complicar a Rede Globo. Foto: Reprodução

Documentos apontam que a casa estaria em nome de uma empresa cuja cadeia societária evidenciam que os papéis são relacionados à offshores investigadas no âmbito da Operação Lava Jato. De acordo com a reportagem, o objetivo seria demonstrar que o imóvel não estaria no nome dos donos de fato. Sendo assim, a casa estaria em nome da Agropecuária Veine, com Celso de Campos como sócio-administrador.

Segundo dados apresentados pela Receita Federal, a empresa Agropecuária Veine teria como endereço um apartamento residencial localizado em Copacabana, no Rio de Janeiro, tendo no quadro de sócios uma outra empresa: a Vaincre LLC, que está domiciliada no exterior. A empresa respectiva teria como representante legal por procuração uma ex-funcionária do INSS, Lúcia Cortes Rosemburge, já aposentada desde o período de 2008.

Os investigadores descobriram que o endereço cadastrado da empresa está incompleto desde 2005, sem informações básicas como cidade, estado e país. De acordo com as investigações, no entanto, haveria, na verdade, a utilização de offshores suspeitas em paraísos fiscais, com o propósito de se adquirir a mansão atribuída à família Marinho, segundo Ministério Público e Polícia Federal.

Procurada, a Rede Globo não quis se pronunciar sobre a denúncia.

Veja a íntegra reportagem

 

 d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

Deixe um comentário