De onde vem o medo da morte?

 

O Mestre OSHO, comenta sobre a morte. Vejamos.

“A vida se vivida do modo certo, de fato, nunca se terá medo da morte. O medo surge por causa da vida não vivida. E por causa do medo da morte, a velhice também causa medo, pois esse é o primeiro passo para a morte. Do contrário, a velhice também é bela. Ela é amadurecimento do seu ser, é maturidade, crescimento. Se você viveu cada momento, então a velhice é um amadurecimento. Do contrário é uma doença.(…)

Aqueles que vivem como se deve viver, aceitam a velhice com grande disposição, pois ela simplesmente significa que agora eles estão florescendo, realizados, serão capazes de compartilhar o que quer que tenham atingido. No Oriente nós nunca pensamos na infância nem na juventude como apogeu, o apogeu só vem no final. E se a vida flui de maneira certa, pouco a pouco você atinge cumes cada vez mais altos. A morte é o ponto culminante da vida, o crescendo…

Mas por que estamos deixando de aproveitar a vida? Por que estamos ficando velhos e não estamos amadurecendo? É que você viveu do modo errado, você cumpriu um acordo, em vez de viver de verdade. Por influência dos pais, somos muitas vezes desviados da nossa natureza verdadeira. E desde então temos vivido sob a máscara de outra pessoa. O amadurecimento nunca acontece à máscara, só acontece a você, ao seu ser verdadeiro. Você só pode amadurecer se aceitar a si mesmo.

24
Tente entender e tome coragem – tome a sua vida nas suas mãos e de repente você vai se deparar com uma torrente de energia. No momento que você decide: ‘Vou ser eu mesmo e ninguém mais, custe o que custar, eu vou ser eu mesmo’, neste momento você perceberá uma grande mudança. Você se sentirá vivo. Sentirá uma energia enorme em você.

Não tente se livrar do medo da velhice, tente compreendê-lo e mude a sua vida. Não é uma questão de se livrar do problema, mas de se livrar da sua máscara, e viver verdadeiramente”.

Fonte:

Deixe um comentário