Conselhos Tutelares são reformados

Os 33 Conselhos Tutelares do Distrito Federal passaram por reforma e foram ampliados para oferecer um atendimento digno e de qualidade para a comunidade, informou hoje a Secretaria da Criança em resposta à matéria veiculada ontem no programa Fantástico, da Rede Globo.

“A situação dos Conselhos Tutelares era de total abandono. O nosso trabalho é reverter essa situação de precariedade investindo não só na estruturação física quanto na formação continuada dos conselheiros que repercutirá sobremaneira na qualidade do atendimento prestado”, disse a secretária Rejane Pitanga.

Para ilustrar a matéria, o programa utilizou imagens antigas dos conselhos e não mostram a atual realidade, de acordo com a pasta.

Um dos exemplos é a melhoria do atendimento na unidade de Sobradinho II, que antes funcionava dentro de uma feira permanente e, portanto, fechava às segundas-feiras.

O conselho agora funciona em um novo espaço, totalmente equipado para garantir os direitos da criança e do adolescente em situação de violação de direitos.

Santa Maria Norte, Sobradinho II, Gama Sul, Vicente Pires e Riacho Fundo II ganharam novas sedes e as próximas cidades que terão novas unidades são a Ceilândia Sul, Brasília Norte, Núcleo Bandeirante, Riacho Fundo I, São Sebastião e Lago Norte.

Além disso, para adequar as estruturas, a secretaria já instalou em cada conselho, cinco computadores com internet banda larga, três linhas telefônicas fixas, uma linha de celular e uma impressora a laser.

A escolha dos conselheiros também passou por modificações e a partir de agora, esses a escolha é por voto popular e há aplicação de prova de habilidade específica, com exigência de experiência mínima de um ano.

Para a profissionalização, a secretaria também adotou ações estratégicas para formação desses profissionais, com cursos de informática e específicos com parceria das secretarias de Educação do DF, de Direitos Humanos da Presidência da República e da Universidade de Brasília.

Fonte:

Deixe um comentário