Cidade ganha reforço milionário na Energia

A Companhia Energética de Brasília (CEB) vai investir R$ 16,5 milhões na implantação da nova subestação de Taguatinga Norte, na CNH 4, às margens da BR-070. A obra beneficiará mais de 150 mil moradores e tem como objetivo garantir o fornecimento e minimizar as quedas de energia na cidade.

De acordo com a CEB, as obras serão iniciadas após o término da elaboração do projeto executivo.  A estrutura da subestação contará com dois transformadores com capacidade de 32 MVA, além de um terceiro transformador, caso sejam necessárias expansões futuras.

“É mais um passo importante para recuperar todo o sistema de distribuição de energia elétrica do DF. Um empreendimento estratégico da CEB, pois vai beneficiar duas cidades em crescimento econômico e imobiliário”, explicou o presidente da CEB, Rubem Fonseca, uma vez que parte de Ceilândia também será beneficiada pela nova subestação..

Águas Claras

A CEB investiu R$ 4,9 milhões na ampliação da subestação de Águas claras, inaugurada no dia 12. O principal investimento foi a instalação do terceiro transformador, que possui 13 alimentadores e passará a ter 18. A previsão é de que todo o serviço seja concluído até dezembro deste ano. A modernização da subestação também garante mais confiabilidade ao fornecimento de energia para o Metrô e deve solucionar de uma vez por todas as constantes quedas de energia na cidade.

Para o administrador de Águas Claras, Carlos Sidney, a melhoria do sistema distribuição de energia na cidade representa progresso e atende a uma das principais reivindicações da comunidade. “Águas Claras é uma cidade vertical. Quando falta luz, muita gente fica impossibilitada até de chegar em casa, pois existem diversos prédios com mais de vinte andares”, explica.

Além da SE Taguatinga Norte, também estão em construção as subestações Hípica, Noroeste, Samambaia Oeste, Cidade Digital e Estádio Nacional – esta em fase final de testes para entrar em operação durante o mês de agosto.

Para 2013, os investimentos da CEB estão orçados em mais de R$ 200 milhões de reais. As melhorias na recuperação e ampliação da rede de distribuição de energia fazem parte do Plano de Obras da Companhia, que visa eliminar de vez as quedas no fornecimento de energia.

Fonte:

Deixe um comentário