Capital tem 600 baladas

São Paulo tem cerca de 600 casas noturnas na fila para conseguir alvará de funcionamento, informou ontem a Prefeitura. Em alguns casos, a espera chega a quatro anos. O número equivale a três vezes o total de baladas regularizadas na capital, que é de 169. Em função da morosidade na concessão do documento, a gestão Fernando Haddad (PT) afirma que não deve fechar as casas com pendências administrativas imediatamente.
A Prefeitura não explicou os motivos para tamanha lentidão, mas prometeu mudar os processos atuais de licenciamento para agilizar o serviço. A secretária especial de Licenciamento Urbano, Paula Motta, afirmou que a meta é de que as licenças sejam emitidas em até 90 dias – mas isso só após um pente-fino nos processos parados, que também não tem data para ser concluído (mais informações nesta página).
Ao mesmo tempo, o prefeito ordenou à Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município (Prodam) a criação de uma ferramenta para que todo o processo seja publicado na internet, para que o próprio cidadão possa fiscalizar a boate que frequenta.
Fonte: Estadão
Sites e Blogs

Deixe um comentário