BRB Conveniência amplia serviços

O Banco de Brasília (BRB) anunciou hoje que serviços até então restritos às agencias, como oferta de cartões e seguros, também estarão disponíveis, a partir de agora, nos correspondentes bancários, chamados de BRB Conveniência.

“Esses parceiros atendem em áreas mais carentes, onde não há banco. O BRB agora coloca mais produtos nas conveniências e com isso as pessoas deixam de se deslocar para ir até uma agência”, destacou o governador Agnelo Queiroz, durante encontro dos correspondentes bancários do BRB, onde a novidade foi anunciada.

“Agora as conveniências oferecem mais serviços, ainda mais perto da população. Temos que desenvolver as comunidades, esse é o papel de um banco público e os correspondentes são parceiros de primeira para fazer isso acontecer” ressaltou o presidente do BRB, Paulo Evangelista.

Atualmente, a instituição financeira conta com 250 conveniências em todo o Distrito Federal e em cidades do Entorno, além de ter cinco unidades móveis e a recém-inaugurada agência drive thru, modelo inédito no país.

Os números mostram crescimento expressivo da rede, já que esse formato de correspondentes bancários do BRB foi criado há 12 anos, mas até 2010 eram apenas 95 lojas em todo o DF.

REAJUSTES- Outra novidade anunciada no encontro foi o aumento do valor pago pelo banco aos correspondentes, que passará dos atuais R$83,00 ao dia por unidade para R$83.00 ao dia por cada caixa aberto na conveniência.

Com o aumento dos lucros, os correspondentes vão aumentar os salários dos mais de 800 funcionários das 250 conveniências do BRB espalhadas pelo DF. O piso salarial, que em média é de R$800,00, subirá para R$1 mil reais, e todos os trabalhadores terão plano de saúde.

“Já está acordado e passa a valer na próxima folha de pagamento”, garantiu o presidente da Associação dos Correspondentes do Banco de Brasília (Ascoseban), Eder Pereira da Silva.

Também estavam presentes no encontro dos correspondentes bancários do BRB, o vice governador do DF, Tadeu Filipelli, o presidente da Câmara Legislativa, deputado Wasny de Roure (PT) e o secretário de Assuntos Estratégicos, Newton Lins.

Fonte:

Deixe um comentário