Brazlândia zera índices de criminalidade

Considerada uma das cidades mais seguras do DF pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), Brazlândia registrou queda na criminalidade nos cinco primeiros meses deste ano -se comparado a 2012-, e crimes como latrocínio e roubo a residência tiveram redução de 100% no período.

“Esses índices revelam que a cidade é bastante tranquila, o que é percebido pela população. Isso reflete o trabalho feito, e a tendência é que os números caiam, pois tentaremos baixar ao máximo”, afirmou o comandante do 16º Batalhão da PM, coronel Marcilon Back.

Crimes como tentativa de latrocínio, sequestro-relâmpago e roubos de carga, banco e casas lotéricas estão zerados desde o último ano, o que, de acordo com Back, representa a boa execução das estratégias e metas traçadas pelo comando local.

Fruto das estratégias do “Programa Ação Pela Vida”, o roubo a veículos também apresentou redução de 46% – foram 14 casos este ano, contra 26 do ano passado.

O levantamento da SSP aponta ainda diminuição de 14,3% no número de roubos em vias públicas –54 casos em 2013 e 63 em 2012 –, e redução de 33,3% no número de homicídios culposos, com quatro registros neste ano.

Atua em Brazlândia um efetivo de 253 homens, lotados no 16º Batalhão, responsáveis pelos cerca de 455 km² que compreende a área urbana e rural da cidade.

“Fizemos um trabalho forte de repressão ao uso de drogas e armas, que resultou em operações com saldo positivo. Boa parte desses crimes é ligada ao tráfico e uso de entorpecentes, e, quando diminuímos esses produtos nas ruas, diminuímos também os crimes”, explicou.

INTEGRAÇÃO – Parte da tropa da PM e integrantes de outros órgãos da Segurança Pública estarão na cidade, no sábado (6), para a realização do programa Segurança com Cidadania, das 9h às 15h, na Vila São José, Quadra 38, ao lado da feira.

“Essa é uma ocasião em que todas as forças da SSP são reunidas com o intuito de se aproximar da comunidade. Teremos várias atividades e esperamos a participação da população”, disse o subsecretário de Programas Comunitários, major Elson da Silva.

Durante o evento, serão realizadas apresentações de órgãos como a PM e o Corpo de Bombeiros, e os moradores poderão, ainda, emitir a carteira de identidade no posto da Polícia Civil, que será montado no local.

Haverá apresentações teatrais e outras expressões culturais de artistas da cidade, além de exposição do Museu de Drogas e outras atividades.

Após a realização do evento, a SSP se reunirá com representantes da comunidade e o Conselho de Segurança para avaliar como foi a ação e fazer encaminhamentos de eventuais demandas.

Fonte:

Deixe um comentário