Brasil enfrenta a Rússia e Kaká ganha última chance

Kaká, durante treino da seleção brasileira nesta terça feira (19) em Genebra, Suíca antes do amistoso contra a Itália

Kaká, durante treino da seleção brasileira (Wander Roberto/Vipcomm)
O jogo contra a Rússia, nesta segunda-feira, no estádio Stamford Bridge, em Londres, seria apenas mais um amistoso para a seleção brasileira, mas a equipe precisa vencer para mostrar que o trabalho de Luiz Felipe Scolari está no caminho certo, adquirir confiança e conquistar a torcida. Para Kaká é a oportunidade de provar que pode fazer parte do grupo da Copa das Confederações, que começa em 15 de junho. A partida desta segunda-feira será às 16h30. 
“A pressão por vitória, para mim, é zero”, disse neste domingo Luiz Felipe Scolari, que tem uma derrota (2 a 1 para a Inglaterra) e um empate (2 a 2 com a Itália) neste início de trabalho. “Tenho que montar o time, organizar o sistema de jogo. Se meus jogadores fizeram aquilo que estou propondo, fico tranquilo”. A declaração serve como uma tentativa de tirar a pressão sobre seus convocados. Campeão mundial em 2002 com o Brasil, ele conta com o apoio, e a paciência, da torcida. Os jogadores não têm o mesmo conforto.
Para Kaká, a necessidade de vitória vai além. Ele precisa jogar bem para garantir um lugar na equipe. 
Fonte: Veja Online
Sites e Blogs

Deixe um comentário