Boatos sugerem favorecimento a Daniel Dantas

Boatos que correram pela rede social Facebook, durante a semana, davam conta de que a Procuradoria Geral da República perdeu o prazo para recorrer ao STJ da decisão que anulou as provas obtidas pela Polícia Federal na Operação Satiagraha. Com isso, o banqueiro Daniel Dantas poderia ficar livre do processo, que deve ser julgado no pleno do Superior Tribunal de Justiça.

Protógenes evita falar…

O Brasília Capital tentou checar a informação com o deputado Protógenes Queiroz (PC do B-SP), que, como delegado da Polícia Federal coordenou as investigações contra Daniel Dantas. Mas a assessoria disse que o parlamentar não se manifestaria a respeito.

… Roberto Rugel também

No gabinete do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, a assessora Leilane Normando respondeu que ele não concederia entrevistas, nem se manifestará sobre a denúncia do deputado Protógenes. Mas ressaltou que “cumpre ao Judiciário o ônus da anulação da ação penal”.

Deixe um comentário