Atentado suicida deixa quatro milicianos mortos no Iraque

Pelo menos quatro membros de uma milícia aliada ao governo do Iraque morreram nesta segunda-feira em um atentado suicida em uma reunião na sede do grupo em Taji, a 20 km da capital Bagdá. Outros 20 milicianos ficaram feridos.

Segundo o Ministério do Interior iraquiano, os integrantes do grupo Conselho de Salvação, que é uma milícia sunita aliada ao governo do país, recebiam seus salários durante uma reunião quando o terrorista detonou um cinto com explosivos.

O grupo armado é contrário à rede Al Qaeda, também sunita, e luta contra um grupo vinculado aos terroristas na Província de Anbar. Por sua aliança com o presidente Nuri al Maliki, que é xiita, tornou-se alvo de confrontos com os terroristas, que querem a derrubada do governo.

Fonte: Folha Online

Sites e Blogs

Deixe um comentário