Aneel derruba ações da Cemig

Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) definiu em R$ 5,11 bilhões a base de remuneração líquida que será utilizada para definir a revisão tarifária deste ano para a Cemig Distribuição. Em despacho publicado no dia 12 no “Diário Oficial da União”, o órgão declara ainda o montante bruto em R$ 14,92 bilhões.

A informação, repercutida hoje pelos bancos de investimentos, assustou os investidores. Segundo analistas, a própria agência estava prevendo anteriormente uma base regulatória de R$ 6,7 bilhões. A alteração pode significar um reajuste bem menor na tarifa cobrada pela empresa.


Fonte: Valor Econômico

Sites e Blogs

  

Deixe um comentário