Alexandre Moraes suspende operação da PF na Câmara

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, Foto: José Cruz/Agência Brasil

Alexandre de Moraes, o novo minsitro do STF e ex-ministro da Justica, suspendeu em caráter liminar a operação da Polícia Federal e a remeteu a justiça do Pará. Há dez dias os policiais cumpriram mandado de condução coercitiva na Operação História de Pescador que investigou uma organização criminosa por supostas ações de estelionato na Superintendência da Pesca no Pará.

Os policiais estiveram na Câmara dos Deputados para conduzir coercitivamente uma funcionária do gabinete da deputada federal Simone Morgado, mas ela não foi encontrada. Além do gabinete foram revistados a Comissão de Finanças e Tributação, da qual a deputada faz parte e um imóvel funcional.

A decisão de Moraes atendeu  a um pedido da Advocacia Geral da União (AGU) que considera que as apurações envolvem uma parlamentar com direito a foro privilegiado e que a autorização teria que ter sido emitida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Fonte:

Deixe um comentário