Agência amplia prazo para Armstrong falar sobre doping

O ex-ciclista Lance Armstrong terá mais tempo para definir se quer cooperar com a Agência Antidoping dos Estados Unidos (Usada, na sigla em inglês). A entidade que investigou o ex-atleta pelo consumo de substâncias proibidas e o baniu do esporte lhe havia dado um prazo até a última quarta-feira para falar sob juramento com os investigadores se quisesse que a sua punição fosse reduzida.
Os advogados de Armstrong reclamaram do prazo e o consideram pouco razoável, indicando que ele não falaria com a agência. Agora, a Usada informou que o ex-ciclista tem até o dia 20 de fevereiro para chegar a um acordo e prestar seu depoimento.
Fonte: Revista ISTOÉ
Sites e Blogs

Deixe um comentário